Movimento Passando o Brasil a Limpo Cria o Governo Paralelo


A população já esta cansada de esperar que o governo cumpra a sua parte. No “país do carnaval” falta de tudo: habitação, educação e segurança. Comer bem e artigo de luxo, a grande maioria dos nativo da “ilha Brasil” vive na mais absoluta das miséria, crianças morrem de fome todos os dias nas grandes cidades que mostram dois lados antagônicos, o dos shoppings centers e carros importados e o das famílias que tem seus filhos subnutridos que acabam sendo conduzidos a marginalidade. Por estas séries de fatores é que os cidadãos estão “tomando as rédeas” da situação, não acreditando mais no governo, criam mecanismos próprios a fim de salvar o “país do futuro”.

E foi graças a indignação com o governo e com o país, que o advogado Jomateleno dos Santos Teixeira, há pouco mais de 6 anos, criou o Movimento Passando o Brasil a Limpo que vias resgatar a cidadania das pessoas através de cursos profissionalizantes, orientação jurídica e social e uma série de benefícios que são levados as comunidades carentes da cidade. O projeto é ambicioso e já tem surtido efeitos positivos. O advogado explica que o país vive uma crise do funcionalismo público.

“Nós estamos totalmente nas mãos do funcionário público, se você discar 190 agora, você será atendido por um funcionário público, que enviará outro para atendê-lo que repassará o caso para mais um” exemplifica e completa, “...você nunca sai da mão do funcionário público”.

“Resolvi então criar outras estruturas, que é a única forma do cidadão se defende de tudo que acontece no país, com a criação de um governo paralelo, podemos nos livrar do governo atual” explica afirmando esta satisfeito com o resultado. O projeto é ambicioso, e os destaques são os cursos profissionalizantes, a Delegacia do Cidadão, o Jurídico do Cidadão e a FENAM – Federação Nacional dos Menores. O projeto piloto localizado no bairro de Pirituba já foi um sucesso e desde o 1º de julho São Matheus, mais precisamente no bairro Jardim da Conquista, já conta com a sua regional que ministra cursos de informática e profissionalizantes e mantém o Jurídico do Cidadão. Por enquanto esta será a sede da Zona Leste que deverá atender todos os bairros da região. Mas já em agosto serão instalados outras regionais em Itaquera e na Cidade Tiradentes. O projeto é ambicioso e segundo Jomateleno, serão criadas mais 27 postos de atendimentos nos próximos 10 meses. Os cursos são ministrados pelo Instituto Ponto de Equilíbrio.

As sedes regionais são instaladas em associações de bairro, “desde que comprovem idoneidade” relata o advogado que a cada palavra mostra muita indignação com todas esferas de governo.

“Não precisamos dos convênios sujos do governo, que na verdade existem para lavagem de dinheiro” sentencia e faz questão de explicar como a entidade é mantida: “Os alunos que estudam no período da manhã e da tarde pagam mensalmente a importância de R$ 5, apenas 60% deles, os outros 40% não pagam absolutamente nada. Já os que estudam a noite pagam R$ 15 e aqueles que freqüentam os cursos aos sábados pagam R$ 20, com este dinheiro conseguimos pagar os instrutores e manter a estrutura”.

O movimento recebe doação de computadores e móveis da iniciativa privada. Já o Jurídico do Cidadão faz qualquer tipo de atendimento, menos criminal. E o sistema de atendimento também é inusitado, pois as ações são enviadas primeiro para o Secretário da Justiça. “Começamos de cima para baixo, enviamos ao Secretário, que por sua vez repassa o delegado geral, que passa o Seccional que repassa o processo ao delegado no distrito onde aconteceu a ocorrência, assim não há jeito do processo morrer no DP do bairro, assim não há jeitinho, e mesmo fiscalizamos o seu andamento”.

Quanto aos cursos as entidades de São Matheus interessadas em sediá-los podem procurar a regional do Jardim da Conquista para efetivarem o cadastro.


Provão para os Candidatos

O Elo Social Brasil 2000 que é uma das ramificações Movimento, realizará nos dias 22 e 23 de setembro no Palácio de Convenções do Anhembi um provão para os candidatos a vereador. Na avaliação englobará matérias do 2º grau, além de lei orgânica do município, constituição estadual e federal. O “provão” é uma parceria que acontece em conjunto com Universidade São Paulo e a Fuvest.

“Para os candidatos não falarem que a prova estava difícil, também serão avaliados adolescentes que cursam o 2º grau” explica o advogado que informou que a grande imprensa e redes de televisão em breve estarão divulgando onde os candidatos podem fazer a sua inscrição. Ele falou ainda que notificou os partidos para indicarem os fiscais para evitar a “cola” e segundo informou a reação dirigentes partidários é de pânico.

Finalizou afirmando que o Elo Social também apoiará um candidato a prefeito, mas somente no 2º turno, e aquele que tiver uma proposta e assinar um compromisso que realizará um grande trabalho social. “Não pretendo concorrer nunca a nenhum cargo eletivo, pois se concorrer estarei traindo meu próprio ideal” finaliza.

A Regional de São Mateus do Movimento Passando o Brasil a Limpo fica na rua Somos Todos Iguais, n.º 330 e o telefone é o 6731-4838.

31 visualizações
Bem vindo a Fundação Jomateleno  - Endereço: Rua José  Moreira Fraga nº 202/210
City Empresarial Jaraguá - Sede Própria  - São Paulo Capital - CEP 02992-170
Telefone: +55 (11) 3991-9919 (11) 98460-4046 - WhatsApp
© 2018 Todos os Direitos Reservados​